19 não é 20.


Realmente,pessoas que não sabem reconhecer seus erros e falam coisas sem pensar é horrível.Enfim,eu não sou um cara que gosta de me vangloriar de não sei o q,de apontar o dedinho acusador,etc e tal…mas quanto mais eu entro em contato com novas pessoas,mais eu me fodo.
A idade não tem nada a ver com a mentalidade,mais uma prova disso.

A menina tem 27 anos,é casada,mas é insegura,não sabe do que fala,e faz acusações infundadas.
Enxerga grosseria onde não existe e quer que todo mundo a compreenda.Mesmo estando errada.Mas isso acontece com muita pessoa.Parece ser uma espécie de praga dos tempos modernos.Poderia dizer “da cidade grande”mas não é.É mundial.E muita gente que se sente injustiçada por ser interpretada de um modo errado se emputece DE VERDADE,chegando a dar porrada.Eu não sou assim,agressivo.Fui quando era criança e pré-adolescente.Agora,embarquei nessa de me manter passivo quase o tempo inteiro.

Bem,uma das coisas que as pessoas interpretam mal é o qusito:”o que é e o que não é grosseria”.
Quando eu respondo direto às perguntas(na maior parte da vezes,aliás.Não sou de fazer firulas),as pessoas,em sua maioria mulheres,se sentem ofendidas ou abaladas por tal resposta.Como por exemplo,ela me faz um incentivo:
– Vá em frente,que vc vai se dar bem!
Eu respondo:- Olha,não é por nada,não,mas…não precisa me dizer isso.É que eu não gosto muito que me dêem incentivos.
-Por quê não?
-É que bem…eles não significam muito pra mim,me fazem mal.Não sei pq mas me fazem mal.Eu gosto das coisas concretas.Então não precisa,tá?
-Ah…tá.Mas tb não precisa ser grosso.

E é nessa que cutucam a onça com vara curta.

Compreendem totalmente errado.Quando pergunto se se abalam facilmente,mentem,dizem que não.Quando dou uma porrada de respostas(nunca deixo uma pergunta de fora,sério)certas,elas dizem que “sou o dono da verdade”.Não reconhecem seus próprios erros,e tudo mais.
Coisa normal,mas realmente fica difícil ter um relacionamento.Coisa de cabeça-dura mesmo.

Não gosto quando falam as coisas sem pensar.O fato de me chamarem de grosso só pq dei uma resposta direta e “neutra”(ou seja,nem gentil nem grosseira)é a mesma coisa de me xingarem.

—————————————————–

Bem,fui ver quanto custava a passagem pra BH quando eu for visitar uma menina colega minha,50 reais.Pela viação Cometa.Caro.

Eu me interessei por Lewis Carroll e Alice Liddell.Vou querer saber mais,ainda mais pq o Marilyn Manson(aquele cantor apocalíptico mesmo)vai ser diretor e ator principal do filme “Phantasmagoria”baseado em uma poesia de Caroll.

Alice está lá em cima,fotografada por Carroll.
Leiam isto e bom fim de semana: http://www.nao-til.com.br/nao-69/carroll.htm

Anúncios

Mais um.E parei.

Eu não vou mais entrar na sala de bate-papo.

Depois de uma discussão mais do que acalorada em que uma mulher tomou as dores por eu ter falado sobre o comportamento dos jovens.Ficou mandando alfinetadas o TEMPO INTEIRO e não sabia ouvir as coisas…falei por quase 2 horas em vão,me aborrecendo por dentro,perdendo meu tempo inteirinho falando com uma porta.Foi o que pareceu.

Coloquei mais tempo só pra terminar o maldito assunto.Começou eu falando dos jovens,em como eles são iguais.E realmente são.Pensam as mesmas coisas,falam as mesmas coisas e tudo mais.Aliás,uma grande gama das pessoas são assim.E eu me acho original pq realmente raras pessoas são como eu.Não é uma desmonstração de narcisismo,é que analisando bem meu comportamento e modo de pensar,eu sou diferente da maioria das pessoas.

O que foi suficiente pra desencadear a raiva nesta mocinha e começar a me alfinetar o tempo todo,me mandando foras sem fim.A conversa estava insuportável,e eu pretendia dar um fim a ela pegando seus erros(e peguei)e esfregando na cara dela,para desmoralizá-la.Eu sempre pego os erros que as pessoas dizem sobre mim ou sobre o assunto em si e “venço”a discussão.Gosto de analisar bem as coisas.

Tava tão insuportável que disse que daria porrada nela se fosse num ao-vivo.Não como consequência de não aturar a situação,mas por encher o saco com sua “cegueira”mental de não saber reconhecer seus erros e sair alfinetando automaticamente.

Ela disse que não deixaria,pq “luta muito bem”.

Caí na gargalhada.

Difícil dizer isso quando estivesse diante de um homem com sentimentos assassinos,que entra numa briga não pra vencer,mas pra matar.E é por isso que eu não brigo.Pq eu,puto,é horrível.

Saí do micro com uma sensação ruim no corpo,+ a sensação de tempo perdido.
E é por isso que eu não entro mais na sala de bate-papo.
Entrava por causa de amigos,eu tenho pouquíssimos.E estes pouquíssimos ou moram em outro estado e quando moram aqui,não podem sair.São estas duas coisas.
———————————–

Mais uma.Recusaram meu convite de ir ao evento este domingo.Motivo: “ansiedade”.Hhahahaha!
A ansiedade é uma coisa normal do ser humano.Eu poderia dizer que é estúpido este motivo,mas não sei como a pessoa sente.É isso…dane-se.Vá se foder.

Cansei de Ser Sexy aqui dia 1 de maio.Vamos ver…

Lava.Lava ropa.

E eu aqui ouvindo o Lava,uma banda feita quase só de mulheres(como o CSS)que tocou aqui num festival.Queria ir justamente pq o Lava é feito quase só de mujeres,e isso me interessa.Não,não é um interesse superficial.Eu gosto de bandas femininas e quanto mais conhecimento,melhor.E ouvi algumas músicas.Gostei.

http://www.tramavirtual.com.br/artista.jsp?id=2817

Hoje passei por um “perrengue”tremendo.
Tava numa lan em Nova Iguaçú,9 da noite.Tava preocupado pq não podia chegar no abrigo depois das 11.Apesar d’eu ser legal.Odeio ser legal.E dificilmente falo:”parô”.Excesso.Tb acho.
Daí,era 22:10 e eu ainda estava no ponto.O último trem tinha acabado,e eu deixei passar o N.-Iguaçú-Central sem eu fazer nada.Tava com as pernas bambas,querendo esperar o Vila Isabel-Central,que passa perto do abrigo.Fiquei puto,preocupado em dormir na rua(coisa que eu tiro de letra),e como sabia que não iria chegar no abrigo em 40 minutos,desisti.Peguei um ônibus pra Nilópolis,procurei uma Lan House que ofereça “viradas” e achei.
Agora eu tô aqui…vou sair todo sujo por causa da poeira e zonzo,provavelmente.

Hoje eu descobri que eu não canto,eu falo.Com um pouquinho de esforço eu consigo cantar.Mas isso ocorre com ‘n’ artistas.Então,no problems.

Besos.

Chovendo.

De um lado tá o maior solzão,de outro tá aquela nuvem negra.

Eu não gosto de entrar em faculdades.A palavra “Cota”me vem direto à cabeça.Não quero que olhem pra mim e pensem:”mais um mulato novo na faculdade”,”eu ainda não tinha visto esse cara”,”será mais um que aderiu à cotas?”.

Eu nunca gostei dessa idéia de cotas para negros,pardos(onde eu me encaixo)e índios.O motivo todo mundo sabe,ninguém nasceu ontem(embora alguns pareçam,de tão idiotas).De um modo ou de outro eu vou fazer faculdade mesmo(daqui há uns 5 anos,aproximadamente),estudar Moda e Psicologia e aturar essa coisa.É aquele negócio das pessoas que querem ajudar mas só atrapalham.É esta porcaria de cotas.

Já não basta o Netinho de Paula,racista.

Ser solitário cansa.Eu preciso de alguém,pelo menos pra me acompanhar nessa vida,sendo amiga ou namorada.A segunda opção seria uma mudança de ares na vida deste crítico da vida,porém mais trabalhosa.Mais séria.O que eu adoraria muito.Não me apego à babaquices,imaturidades e exposições.

Eu disse que cansei do Cansei de Ser Sexy?Aquele sentimento amigável acabou.

Eu assisto novela “Belíssima”porque é bem mais “mastigável”que as outras anteriores das 8.Tem um enredo mais redondinho e compreensível,mais verdadeiro.É bem mais coerente do que suas antecessoras “América”,”Celebridade”e “Senhora do Destino”.E por causa da Bianca Comparato,que com aquela cara de inocente,calminha e compreensível,vêm me conquistando.Fui criar uma comunidade pra ela no Orkut e me espantei quando tinha várias.

Ai,ai…