Finalmente.

A mão molhada.

Eu decidi deixar 100 reais no banco e 100 reais comigo.Obviamente serei invadido pela alegria momentânea e gastarei em besteiras, comprarei poucas roupas(e estou precisando) e se bobear, até este domingo estes 100 reais estarão gastos…totalmente.

Daí é onde eu direi novamente: “Que fracassado”.

Quando a minha grana cessa e eu fico sem nada, meu corpo fica mais pesado, meu tênis idem e fico com a aparência de velho.Quando tenho grana, fico mais leve.Hhehehe.Coisa boba, mesmo.Eu acho.
Eu odeio bancos.As pessoas são tão “escaldadas” que ficam olhando umas as outras e outras pessoas com atitudes “suspeitas”no banco.Não pode fazer um movimento brusco que ficam com medo.Aciona aquele apito mental:”priiii!!!perigo, perigo!!”
Hhahahaa!

De vez em quando eu gosto de zoar com isso.Não me acho superior a estes medrosos, apenas gosto de zoar com a cara deles.O que era pra ser sério fica patético.Aff…

Hoje de manhã tinha acordado todo sujo, minha cama idem.As baratinhas infestaram o abrigo.Há meses.E ninguém faz nada.Agora que mudou a Direção, aqui está cheio de funcionários do Corpo de Bombeiros.Obviamente dá aquela sensação de segurança, se bem que eu nunca tive medo de nada.Mas não dá pra sair por aí peitando a tudo e todos.

Sempre vemos os filmes depois da novela.Lá no abrigo é onde eu consigo espairecer um pouco, deixar aquela casca séria e ser mais gaiato.Não sei porque…não sei se é Dupla Personalidade.Eu brinco, eu zôo…sozinho.Grito, mando praquele lugar e tudo mais.O pessoal não se importa, como sempre.
Eu não ando tendo cuidado comigo mesmo, nem com a minha saúde, nem com minhas roupas.Deixo de ir ao médico tratar da minha gagueira e de ir ao endocrinologista resolver a questão da minha magreza.Não, não sou anoréxico, nem aidético, nem nada disso.Felizmente.

A falta de roupa é tremenda.Eu vi na seção de roupas do abrigo, estava tudo espalhado.E tinha roupa boa no meio de roupas rasgadas.E só de mulher.Tenho preguiça de lavar minhas roupas, até porque eu chego de noite.E janto na hora em que vejo os filmes das 22:30.E depois durmo, após lavar a minha de sair.Não consigo lavar tudo ao mesmo tempo.É o Demônio do Sono.

Hheheheh!

Safado me chama pra dormir de um modo irresistível.E a cama, mesmo não sendo aquelas coisas, é extremamente confortável….

E eu não posso pensar em coisas que aparentemente não são nada na mente dos outros humanos, mas na minha mente dá uma sensação extrema de medo.De ânsia que algum espírito ou demônio vá me retalhar em pedaços.E me dá calafrios intensos.

É igual um comercial antigo do SBT em q aparece as Chiquititas indo pra cama dormir, e a Flávia Monteiro canta uma música doce, mas que na minha mente soa como um pesadelo.Esse comercial passava exatamente às 22:00.

“nana nana, vai dormir, boa noite e um beijinho…vai sonhar”.Ela canta, e depois o locutor do SBt diz: “Boa noite a todas as crianças do Brasil”.

E estas frases, lembrando a cena das crianças indo dormir, me atiça o MEDO e a ANIMALIDADE ao mesmo tempo.E eu simplesmente NÃO PARO DE TER CALAFRIOS.

E eu fico com os dedos em posição de garras, rujo igual a uma onça ou um lobo.Não sei porque isso acontece comigo.

Poderia dizer que era pra espantar o medo, eu normalmente não tenho medo das pessoas, mas por quê cargas d’água esta lembrança me faz ter medo?Ainda mais se eu tiver no escuro.

Se eu fosse uma criança eu estaria perdido.

Se eu me lembrar disso volto a ter os mesmos calafrios violentos, e isso influi nas lágrimas que escorrem.Não sei porque escorrem.

Coisa doida.

Consulte o seu Psicólogo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s