Nem sei porque coloquei essa imagem.

=====================

Depois de desistir de estudar na Humberto de Souza Mello, eu cheguei a estudar em uma outra escola pública chamada João Goulart, no Andaraí (um bairro próximo a Vila Isabel), que não era melhor nem pior que a escola anterior…pelo menos, lá não teria menina que reparava em mim e no que eu “uso nos olhos”, hehehe.Enfim, foi bom, a minha personalidade meio que ajudou, porque eu não sou extrovertido, só quando eu chego na Fundação Leão XIII e faço palhaçadas, reclamo dos filmes que o pessoal vê, etc.Mas isso são outros quinhentos.

Eu sempre ia para a escola junto com dois amigos meus, eles também moravam no Cemasi e um deles tinha uma relação bem mais ou menos comigo, o que tinha estreado na escola, junto comigo, um lourinho, que me esqueci o nome.O outro era o William (que depois souberam que na verdade, ele se chama Hernam). O lourinho era um tipo meio covarde, quando iríamos brigar, uns meses atrás, ele dava uma porrada e fugia.Mas nunca brigamos pra valer, mesmo.Melhor.Nós dois não éramos de briga.Detestávamos.E eu, até hoje.Sentávamos perto um do outro na sala e os outros ficavam perguntando se eu era irmão dele, mesmo tendo a diferença de cor (eu sou mulato e ele era bem mais claro que eu).Seu maior problema era a mentira compulsiva.Mentia muito, MUITO mesmo.E era um exímio fofoqueiro.Fofocava do educador Alcebíades, que tinha trejeitos gays (e o imitava) e falava mal das outras pessoas.Eu tinha gostado de uma menina, branquinha, cabelos negros, na altura do ombro.Comecei a fazer amizades com ela.Ela não era fútil, era uma pessoa comum, aos meus olhos.Daí, começaram as mentiras deste mesmo moleque sobre ela, principalmente quando eu saí da escola.Em uma das minhas primeiras saídas, eu e o Hernam fomos abordados por 2 alunos, cara de mal-encarados, marginais.Queriam nos roubar.Eu não tinha nada, além da minha camisa do Flamengo.Ele não ficou com ela.O Hernam chorou rapidamente, covardão, também (heheheh).Depois, fomos embora.

Isso não ocorreu uma segunda vez, mas não falamos nada a ninguém, não sei por quê.Eu fiquei uns 2 meses nesta escola.No resultado da prova, quando saía a nota do meu nome dita pela professora, todo mundo dirigia seus olhares a mim.Ninguém implicava comigo, e eu tentava chegar perto da menina que eu gostava o mais rápido possível.Quando eu fui embora da escola, o lourinho ainda estava lá, e praticamente todos os dias ele voltava com uma fofoca nova para todo mundo saber.Além de sempre imitar o Alcebíades, quando eu perguntava da menina para ele, ele disse que ela estava transando com todos os meninos da sala.Eu era tão, mas tão tapado que acreditava.Quando na segunda vez, ele disse: “ela agora está andando assim, ó”, imitando um andar de pernas exageradamente abertas, deixei de acreditar.E nunca mais soube dela, depois disso.

No abrigo, tinha um professor de futebol, nós tínhamos feito um time, fomos à Olaria (bairro do Rio) jogar com o time de mesmo nome.Não preciso dizer que perdemos, até porque o Olaria, quer queira, quer não, iria bater um timeco frouxo como o nosso.Quem jogou mais foi Leandro Gomes, o irmão mais velho da família Gomes, que sempre jogou futebol melhor que a maioria.Eu nem joguei, porque não fiz exercício (andar rodeando a quadra, polichinelos, flexões), tive vergonha.Eu nunca gostei de torcer, só gostei de jogar…quase sempre era goleiro, mas não queria ficar nesse estigma.

Num dia em que eu bati num moleque menor que eu, o professor de futebol ficou puto comigo e falou para eu retornar pro alojamento.Quando eu estava indo para a cama, uma galera, que estava jogando futebol comigo, tinham se juntado para me dar uma surra (inclusive quem implicava comigo e se aproveitou do momento para descarregar tudo).Eu comecei a chorar, chorei pra caralho.Eles ficaram com pena e desistiram.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s