Um "Pause" na vida…

É rapaz, agora que a “Festa da Carne” terminou, EU tenho mais é que comemorar.Mas como sou um cara discreto, tem que ser feito no silêncio.Estes dias de Carnaval foram infernais.Tem gente que se espantaria ao ouvir/ler isso de mim, falando que “no Carnaval toooodo mundo se diverte, etc.”, mas eu sou único.Ou tem poucos como eu.É que realmente, a situação estava complicada para mim, da sexta feira até a quarta-feira de Cinzas, emendando nos dois dias seguintes:

Eu poderia ir na minha tia, mas o lugar que ela mora é dominado por milícias.Provavelmente eu iria ter que ser apresentado para algum deles.”não dói”, claro.Mas me aborrece pelo fato das pessoas já estarem acostumadas com isso.Se o povo quiser, ele pode mudar o Brasil.Teve peito pra eleger e derrubar presidentes.Eu não vou ficar falando nisso…um dos fatores, também, foi a preguiça.

Meu dinheiro foi muito mal empregado, fiquei praticamente o Carnaval inteiro andando pela Baixada Fluminense pra lá e pra cá feito zumbi, suando, ficando tristinho porque vi aquela turba de jovens, velhos e adultos se divertindo, e eu, não.Andei muito, mesmo, até algumas ruas ficarem vazias.Meu mal é que eu sempre me arrependo de ter gastado mal a grana e depois eu vou lá e faço a mesma coisa.

Dormi bem mal, nestes dias.Meu corpo ficou mais pesado (não de peso, mas de cansaço), parecia que eu deveria deitar naquela cama cheia de roupa, tivesse um sono tão pesado que cairia do prédio (e minha cama é colada na janela, da mesma altura da beira).Eu só queria que essa folia terminasse logo, estava me atrasando.
Nos dois dias seguintes, eu tive febre.Meu corpo estava pelando, minhas juntas doíam só de movê-las e ao mesmo tempo dava-um calafrio.Além do mais, minha alimentação é totalmente irregular, péssima.Ultimamente, nem fiquei com muita fome.Eu como um Hambúrguer de Picanha (que geralmente não deixo nada), deixo uma parte, pacote de biscoito recheado, churrasquinho de rua, x-tudo…quanto a beber, estou tendo mais sede que antes.Toda vez que entro no pc, estou deixando 2 litros de água mineiral perto da minha perna.Fora isso, tem os copões de suco que eu tomo na rua e os refrigerantes.

Recebi a notícia de que o pessoal vai ter que se mudar para outro abrigo, em Itaipu, região oceânica de Niterói, que fica DO OUTRO LADO da Bahia de Guanabara.Imagina a merda que vai ser pra vir pro Rio e pra Baixada fazer as coisas, inclusive estudar?E a Fundação Leão XIII de Itaipu só tem deficiente mental/físico.Na segunda, vão as mulheres, e na terça, os homens.

Vai acabar de me fuder ainda mais…

O que eu vou fazer…?
Anúncios

2 comentários sobre “Um "Pause" na vida…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s