Blackout Again!

Por um lado:

Problema em Itaipu causa apagão em 10 Estados do País

Um apagão atingiu, na noite desta terça-feira, pelo menos os Estados do Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo, além do Distrito Federal. Segundo o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, o problema ocorreu na hidrelétrica de Itaipu devido a uma falha das linhas abastecidas por Furnas. Com 20 unidades geradoras e 14 mil megawatts de potência instalada, a usina binacional de Itaipu fornece 19,3% da energia consumida no Brasil e abastece 87,3% do consumo paraguaio.

De acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), cerca de 17 mil megawatts de potência – o equivalente a toda a energia necessária para o Estado de São Paulo – foram perdidos com a pane, o que impossibilitou o fornecimento para as demais regiões.

Rio de Janeiro

Diversos bairros da capital fluminense ficaram sem luz. O Corpo de Bombeiros do Estado informou ter recebido chamados de pessoas presas em elevadores, mas não soube precisar quantas. O governador do Estado, Sergio Cabral, determinou que a segurança fosse reforçada por causa da falta de energia.

Os serviços de trens e metrô foram encerrados com o apagão. Os ônibus ficaram lotados e a disputa por um táxi foi acirrada nas ruas. Celulares e telefones fixos ficaram mudos em parte da cidade, principalmente nas zonas norte e sul. Até mesmo o Cristo Redentor ficou às escuras.

Segundo a Cedae, o sistema de abastecimento de água em sua área foi comprometido com a falta de luz. Os sistemas Guandu (90% da Capital e Baixada) e Imunana Laranjal (Niterói, São Gonçalo, Magé, Paquetá e Itaboraí) podem levar até o fim de semana para serem normalizados.

São Paulo

Vários bairros da capital paulista ficaram sem luz, a avenida Paulista está às escuras e o blecaute atinge também a região do ABC. Por volta da 0h25, a energia foi restabelecida em parte da zona leste da capital paulista. O problema começou a ser resolvido no ABC à 0h e no interior, à 1h.

Em São Paulo, as estações de Metrô ficaram fechadas. Na Vila Mariana, na zona sul da cidade, muitas pessoas foram para as ruas para aguardar o restabelecimento de energia. Homens da Companhia de Engenharia de Tráfego foram enviados às ruas para orientar os motoristas.

Entre 11h50 e 0h05, algumas das principais vias do Grande ABC, como a avenida Goiás, em São Caetano, Dom Pedro II, em Santo André, e Pereira Barreto, em São Bernardo do Campo, estavam completamente às escuras. Os pontos de ônibus nessas mesmas vias estavam cheios.

Mato Grosso

Em Cuiabá, o centro da cidade ficou completamente apagado por cerca de 15 minutos. A Cemat, que administra a energia elétrica em Mato Grosso, confirmou que o problema ocorreu na saída da energia da hidrelétrica de Itaipu e atingiu 25% da carga do Estado. A energia já foi reestabelecida.

Minas Gerais

A Companhia de Energia Elétrica de Minas Gerais (Cemig) informou que alimentadores em cidades do interior do Estado deixaram de fornecer energia elétrica por volta das 17h, após fortes chuvas. A companhia disse que não houve blecaute na capital, Belo Horizonte, porém não soube informar em que cidades ou regiões houve falta de luz. A energia, segundo a empresa, já começou a ser reestabelecida.

Mato Grosso do Sul

A cidade de Campo Grande também ficou sem energia elétrica. Em várias partes do Mato Grosso do Sul, somente hospitais e outros locais com gerador funcionam. As ruas ficaram sem luz e até mesmo a Santa Casa da capital sul-matogrossense enfrentou problemas, já que os geradores foram reservados para alas de emergência e ao Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Por volta da 0h30, a energia foi restabelecida.

A Enersul, que atende 73 das 78 cidades de Mato Grosso do Sul, afirmou que o apagão atingiu 70 municípios. A luz voltou em todas as cidades.

Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, a AES Sul registrou falta de energia em cidades da região metropolitana de Porto Alegre. Segundo a concessionária, 70 mil casas ficaram sem energia em Sapucaia do Sul e São Leopoldo por cinco minutos. As outras empresas que administram energia elétrica não registraram problemas.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4094129-EI8139,00-Apagao+atinge+SP+MG+MT+Rio+e+GO.html

Do outro lado…

Rede americana diz que apagão no Brasil foi causado por hackers

Os dois apagões elétricos que afetaram milhões de brasileiros em 2005 e 2007 foram causados por ataques de hackers contra os sistemas de controle da rede de fornecimento, informou neste domingo a rede de televisão americana CBC. O programa “60 Minutes” indicou que o apagão de 2007 no Espírito Santo, que prejudicou mais de três milhões de pessoas, e o apagão de 2005 no Rio de Janeiro foram causados por hackers.

O programa revela informações colhidas em uma investigação sobre a ameaça de ataques virtuais nos Estados Unidos. O ex-chefe da inteligência americana Mike McConnell declarou ao “60 Minutes” que acredita na possibilidade de um ataque semelhante nos Estados Unidos.

Se um grupo de hackers conseguir se inflitrar no sistema elétrico americano, “os Estados Unidos não estarão preparados para enfrentar semelhante ataque”, estimou.

Apenas em 2009, os sites da Casa Branca, do Departamento de Estado e do Pentágono já foram alvo de hackers, em meio a suspeitas de que a Coreia do Norte fosse um dos responsáveis.

A Coreia do Sul e os EUA fecharam em maio um acordo de cooperação para combater ataques virtuais contra seus sistemas de defesa.

Jim Lewis, diretor do Center for Strategic and International Studies, disse ao “60 Minutes” que a segurança virtual dos Estados Unidos tem sido atacada a partir de outros países com frequência nos últimos anos, incluindo o comando das guerras no Afeganistão e no Iraque.

http://www.dgabc.com.br/default.asp?pt=secao&pg=detalhe&c=7&id=5776896&titulo=Rede+americana+diz+que+apagao+no+Brasil+foi+causado+por+hackers

Ah, mais um…

Ministro nega que “ataque” hacker possa ter causado apagão

O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, negou que o apagão que atingiu parte do Brasil e o Paraguai na noite desta terça-feira tenha sido causado por um hacker. No último domingo (8), o programa “60 minutes”, da rede americana CBS, exibiu uma reportagem dizendo que dois apagões nos últimos quatro anos no Brasil foram causados por ataques de hackers a os sistemas de controle do sistema energético brasileiro.

O questionamento ao ministro foi feito por repórteres, quando ele explicava as circunstâncias do blecaute desta terça-feira, cujas causas exatas ainda são desconhecidas. Segundo Lobão, problemas atmosféricos podem ter sido a causa do apagão. O diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional disse que foi a primeira vez que a usina foi desligada completamente.

Segundo o programa da CBS, exibido no último domingo, há informações de que o apagão de 2007 no Estado do Espírito Santo, que afetou mais de três milhões de pessoas, e um incidente menor no Rio de Janeiro, em 2005, tenham sido causados por hackers.

O programa forneceu as informações durante uma reportagem sobre a ameaça de ataques cibernéticos contra os Estados Unidos.

O ex-chefe de inteligência Mike McConnell disse ao programa considerar um ataque similar iminente nos EUA.

Segundo a reportagem da CBS, quatro meses depois de assumir o cargo, o presidente americano, Barack Obama, afirmou que a infraestrutura digital dos EUA era um ativo estratégico e confirmou que a guerra cibernética tinha ido além da teoria.

“Nós sabemos que os invasores cibernéticos têm sondado a nossa rede elétrica, e que em outros países ataques cibernéticos colocaram cidades inteiras no escuro”, disse Obama, sem citar onde os ataques teriam acontecido.

Mas a rede, citando fontes da inteligência militar e de segurança privada, informou que o país citado era o Brasil, nos apagões de janeiro 2005, ao norte do Rio de Janeiro, e de setembro de 2007 no Espírito Santo.

Enquanto as causas do apagão mais recente são apuradas, Itaipu Binacional divulgou uma nota na madrugada desta quarta-feira tirando da usina a responsabilidade pelo início do problema.

“A causa do blecaute não teve origem na usina de Itaipu. A hipótese mais provável é que tenha havido algum acidente que afetou um ou mais pontos do sistema de transmissão, inclusive o de Furnas, responsável por levar a energia de Itaipu para o Sul e Sudeste, acidente este que provocou outros, fenômeno que se costuma chamar de efeito dominó”, diz a nota.

_______________________________________________________

Este apagão recordou o que o Brasil sofreu em 2001 (ainda na gestão Fernando Henrique Cardoso). Antes de sermos agraciados com este novo passamos por uma onda de calor por 1 semana, seguida duma falta d’água por 3 dias consecutivos (imagine ficar 3 dias sem tomar banho). O clima deu uma trégua no inferno que estava, choveu bastante ontem e logo após veio a queda de energia. Me pergunto por quê o Rio de Janeiro foi o estado mais afetado nessa questão. Lembro que a Dilma Rousseff (futura presidenciável) disse enquanto ministra de Minas e Energia que o país não passaria por este problema novamente. A Cedae (a principal companhia de distribuição de água fluminense) pediu para economizar água por 72 horas, já que a queda de energia afetou o sistema.

Há pouco tempo atrás o doido de pedra Hugo Chávez ordenou que os venezuelanos gastem apenas 3 minutos no banho. Não sou esquerdista, mas nessa ocasião ele não é tão doido assim.

E o que os jovens pensam sobre isso? Resposta de um sujeitinho de nick “XuH”: “Chuck Norris deu um round house kick na hidroeletrica (y)”

Ah, Brasil…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s