Vale Tudo e Mitt Romney


Semana passada eu li uma matéria num destes maiores jornais do Brasil, um colunista ou algo assim falando sobre sua posição contrária a respeito do vale-tudo, esporte este que caracteriza-se pelo uso de socos, pontapés, joelhadas e afins sobre um ringue. Começou a tomar gás na segunda metade da década de 2000 e agora vem fazendo o maior sucesso no Brasil e no mundo. Como aqui reflete quase sempre alguns modismos lá de fora, não demorou muito para que até quem se desvencilhava disso acabar sendo tocado pelo tema. É a mesma coisa de ouvir involuntariamente aquela música-chiclete que tu odeias com todas as forças. Aqui no Brasil o que mais tem é isso. Pessoal faz questão de seguir um movimento perpetrado pela mídia, inclusive, que hoje em dia investe na maciça divulgação do vale-tudo (ou MMA, Mixed Martial Arts, dane-se). Está aí uma ótima oportunidade do brigão e revoltadinho sem causa ganhar uma grana no que mais gosta de fazer. Porque todos estes lutadores não tinham muito o que fazer em sua “vida normal” além de dar dor de cabeça para os outros. Claro que eu posso estar enganado ou acertar em parte. A super-exposição em cima do campeão Anderson Silva e de sua vida pavimenta a pecha de “tranqüilo e gente fina”. O ponto alto da carreira do “Spider”, como é conhecido lá fora, foi meter um pontapé bem dado nos cornos do Vitor Belfort, aquele casado com a ex-dançarina e agora evangélica (este artifício me parece uma válvula de escape após a carreira: estão ligados que tudo quanto é puta vira protestante?) Joana Prado. A antiga Feiticeira, lembra?

Não há nada louvável em acompanhar isto. Caras se batendo. DUUH! Certo que os tempos dos gladiadores de Roma não voltaram e que vez ou outra um destes modismos acontecem, o problema é que o vale-tudo conseguiu matar um outro esporte violento, mas absurdamente mais útil, que é o boxe. Hoje em dia quase ninguém se importa com boxe. O negócio hoje é falar de vale-tudo, comentar aquela gravata aplicada pelo Fedor Emelianenko (ou algo assim), aquele chute da Cristiane Cyborg (eu procurei alguma feminilidade nela, algo que desse tesão. Nada. Ela não é como a Gina Carano, que também luta, mas ao menos mantém o corpo feminino e é bem bonita) ou os socos do Anderson Silva. Nosso povo gosta de violência, até mesmo os mais fracos, claro que não sejam com eles. Apanhar é ruim, óbvio, e quando não se sabe brigar pior ainda. O boxe é mais sério, o boxe tem regras melhores, mas desde que Mike Tyson foi embora e Acelino Popó Freitas saíram de cena ninguém mais se importa. Isso foi antes desse boom. Todos saem ganhando nisso tudo, a emissora, a revista, o jornal, os explorados, até quem gosta e quem aprende a gostar. Seria bom demais se esta moda terminasse logo, mas como é mais fácil ocorrer algo ruim que bom neste mundo…


A revista Época é uma das duas maiores publicações de variedades do Brasil. Da Globo. Ultimente optou por uma abordagem irônica la Revista Veja, mas não chegou a explicitar tanto sua opinião pessoal e venenosa. Como sua emissora, perde tempo falando das merdas que estão na boca do povo, como o sujeitinho da capa acima. Ou melhor, isso nem perder tempo é. Como a emissora de tv, o importante é mexer no que está em voga na cabeça do brasileiro, e vocês sabem que brasileiro só pensa, come e regurgita merda. Depois dessa matéria e das capas das duas maiores revistas focando o rosto do Zuckerberg, não as trato com tanta condescendência. Se bem que isso nunca aconteceu, de fato.


Parece que o mórmon Romney realmente enfrentará Obama, hein? Mais uma prova de que norte-americanos não devem ser tão bajulados pelo resto do mundo. Eles simplesmente não sabem votar. São como brasileiros, seguem o bando de bois… para fazerem merda. Têm merda na cabeça. Votaram em Bush filho, em Obama e farão mais uma escolha errada. na corrida republicana, Romney está na frente do Rick Santorum, os demais (Gingrich, Ron Paul e afins) foram praticamente defenestrados. Parece que eles nunca vão aprender. Ah, filhos da puta.

Ah, e o Vladimir Putin é o “novo” presidente da Rússia. Alguma surpresa?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s