Adriano Cintra – Animal

Capa_Adriano_Cintra_Animal

Adriano é cria do rock; multi-instrumentista e produtor paulistano, ele passara por muitas bandas antes do “fenômeno mundial” Cansei de Ser Sexy, que chegou onde chegou pela alegoria – a cantora Lovefoxxx, embora ele fosse o cabeça da banda e compositor “oficial”. Duraram até mais do que podiam, Adriano brigou com as demais integrantes, resumindo-as a um fiapo que não se pode mais chamar de banda, e dedicou-se a projetos mais interessantes, como a continuação do Caxabaxa, o grupo Man Purse, o Madrid , sendo esta a iniciativa mais madura, especialmente vindo de dois músicos que, há pouco tempo, jogaram besteirol mundo afora. Bonde do Rolê é talvez o maior lixo exportado, e que gringo gostou porque é “bizarro”; a vida na Europa e nos EUA deve ser até mais entediante do que aqui, pra acharem isso…

Daí, num ajuntamento de músicas feitas em inglês despejadas no seu SoundCloud, e aconselhado por um amigo, Adriano ofereceu-as pra uma série de músicos conhecidos, de qualidades variadas (Odair José a Gaby Amarantos, veja só), que “traduziram” tudo para este seu primeiro CD solo, saído pela Deckdisc.

adriano-cintra-culturizeit-corpo

Faz um tempo que acompanho o trabalho do cara por sua criatividade; o cara curte escrever e o que faz no ramo da música, conhece muita gente e tem umas amigas que também manjam do riscado e são gostosinhas – como a própria Marina Vello, do Madrid; é meio influente nessa zona indie paulistana/Rua Augusta/Vila Madalena, essas merdas. Isso não é problema nenhum; aliás, essa influência nem consta num dos problemas da obra, tô só passando o perfil do cara mesmo. Problema sério é que, apesar de toda essa criatividade, as versões em português, calcadas num pop-eletrônico, não caíram tão boas que as em inglês pelo simples fato das músicas serem feitas pra língua inglesa; não dava pra fazer algo parecido que não descaracterizasse tudo. Odair, Rogério Flausino – líder daquela banda pop-rock comodista, Jota Quest -, Gaby Amarantos – cuja maior emissora de TV tenta empurrar goela abaixo do cidadão até hoje, e não consegue -, Guilherme Arantes e afins devem ter justamente o medo/educação de não mudar tanto as versões, fazendo faixas semelhantíssimas, mas com traduções que não couberam. Ficou uns frankensteins vomitados, abortos mais que antecipados. Faixa alguma desceu.

No Soundcloud do músico ainda há as versões em inglês: Compare Havoc com sua versão em português, Boneca de Posto, Visions com Desagradável Aparelho, só pra citar duas faixas em inglês que considero as melhores do set. É compreensível a idéia de Marcus Pretto, o tal amigo que aconselhou Cintra, mas, como este último disse um dia, seu público este esteve fora daqui, o que se reflete também em suas banda Three Butchers Orchestra e Madrid. Até a língua ferina contra as meninas do CSS, refletida nas letras de algumas faixas, arrefeceu.

Mas, apesar de tudo, é um disco interessante, original como há um bom tempo não se fazia, na indústria fonográfica brasileira, mas um golpe arriscado. Adriano sempre deixou claro que, não obstante ter “ganhado o mundo” com sua ex-banda, não era tão bem resolvido financeiramente, em especial quando o CSS foi enganado por um empresário que, inclusive namorou uma das integrantes. E ele também não põe a mão num projeto necessariamente visando dinheiro, vide o Caxabaxa, algo totalmente “autoral” e baseado em piadas internas que nem em 1000 anos dariam tanto dinheiro. Talvez este Animal tenha sido gerado pelo mesmo motivo, mas fica a certeza de que o projeto poderia sair tão bom e capaz quanto o primeiro álbum do Madrid.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s