Tragédia na França, sim, mas também na Nigéria, Iraque, Síria…

Polina-Volkova-a-friend-of-Eagles-Of-Death-Metal-Nick-Alexander-who-died-in-attacks-in-Paris-cries-as-she-sits-near-a

Porque eu simplesmente não vejo diferenças no que aconteceu na França com o que ocorre na Nigéria, no Iraque, na Síria e em outros países cujo jugo do extremismo fere todos os dias. Ah, sim, a diferença é que na França não ocorre sempre, mas foi impactado pela mídia como um acontecimento ainda mais importante. Europeu, país sob a ética judaico-cristã, a dimensão “tolerável e igual” a nós, americanos. Ocidentais.

Morreram mais de 100 pessoas lá, mas morrem milhares na Nigéria pelo grupo Boko Haram, fora os assassinatos de cristãos também cometidos por muçulmanos; isso da chamada Grande Mídia até o jornalzinho de bairro não mete em nossas cabeças na mesma medida. Então, é compreensível que o lixo chamado Facebook impele aos atingidos pela comoção a pôr a bandeira da França em seus perfis, oficializando essa “seleção” pela rede social. A seleção em ter por quem chorar.

Revelando ou sua burrice ou seu mau caratismo – já que, para muitos, foda-se o que ocorre fora da “esfera civilizacional”.

Enfim, a Europa ocidental vai pagar ainda mais o preço por liberar entrada de refugiados, assim como o mundo inteiro vai pagar ainda mais por endossar a política de Barack Obama em retirar as tropas do Iraque. Vocês pediram para se foder, logo, agüentem o pior. Tirem as crianças da sala. As próximas gerações vão ter de descascar o pepino que vocês plantaram.

Finalizando, só um comentário sobre a gafe da Kéfera Buchmann, um dos pilares da futilidade da internet brasileira, amiga daqueles filhos da puta esquerdistas do Felipe Neto e Cauê Moura sobre a tragédia de Paris: ela não foi maldosa, e sim uma imbecil em responder aos seus “haters” sobre ter voltado de Paris sem ter morrido. Mas nesse caso, uma imbecil com poder, porque tanto ela quanto estes dois merdas têm milhões de seguidores no YouTube. Esta geração de adolescentes, como eu disse, é a pior de todos os tempos, e que piora ainda mais seguindo os ditames destes três e de mais alguns que usam da mesma retórica para arrebanhar esta gente. O tipo mais frágil de ser humano, de mente volúvel. Ou seja, Kéfera não é uma imbecil qualquer. Ganha a fama falando merda, e endossam as suas merdas. E isso não vai mudar.

kefera

Eu não duvido que estes youtubers famosos se embrenhem na política, algum dia. Especialmente Felipe Neto.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Tragédia na França, sim, mas também na Nigéria, Iraque, Síria…

  1. Anonimo. disse:

    Ainda duvida que alguns desses Youtubers se embrenhem na política? Se elegemos lixos vindos de chorumes como Bib Brother Brasil você acha que não poderá ocorrer com essas celebridades de internet?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s