Mauricio Macri ganhou a guerra?

1445811339_529911_1445863098_noticia_normal

Os argentinos exerceram a obrigação de eleger um direitista, dando o primeiro grande passo para o fim do Kirschnerismo; o primeiro de muitos, porque não é o fim, a guerra obviamente não acabou.

A primeira coisa que pensei sobre a vitória de Macri foi no que seria feito agremiações kirschneristas, como La Cámpora, liderada por um dos filhos de Cristina, Máximo, além da influência que Cristina e seu partido exerceu em todo o país da mesma forma que o Partido dos Trabalhadores exerce especialmente nos rincões do Brasil por meio do assistencialismo e daquela demonização entranhada, tatuada na cabeça de seus simpatizantes: “Ah, o FHC chamou aposentado de ‘vagabundo'”, “O PSDB não sabe o que é povo, não tem traquejo com a população”, entre outras coisas. E o partido da Cristina é de centro-esquerda, como é o PSDB, ainda considerado por muitos elitista. De direita.

Aqui, o que seria nosso “salvador”, Aécio Neves, mijou para trás e aceitou-lhe a merda, o conformismo que o PT lhe imputou, o que sinaliza a quase certeza de que, em 2018, estaríamos na sombra de mais um presidente petista, nosso velho conhecido pinguço, sapo barbudo, dirigente do Foro de São Paulo, o Lula. Enquanto os Hermanos acordaram e agiram. Daí, poderiam dizer: “AAAAIN MAS NÃO EXISTE POBRE NA ARGENTINA!” Como não? Já foram pro interior ou tomam todo o país como o mesmo nível da Buenos Aires, população descendente de italianos, classe média/média-alta e tal? É a mesma coisa de achar que todos os brasileiros são iguais aos cariocas.

Aguardem cenas do próximo capítulo argentino…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s