O Livro de Jack

download

Como não podia deixar de ser, Jack’s Book saiu atrasado no Brasil, por selo da editora Globo. O sub-título anuncia tratar-se duma biografia mais composta por vozes, das pessoas com que o escritor, um dos ícones da literatura pós-moderna do Século XX, morto por cirrose aos 49 anos, conviveu, amigos e inimigos, tecendo opiniões acerca do “ídolo”. Foi a terceira biografia de Kerouac que li traduzida em português, e bem diferente das anteriores, Kerouac (Ann Charters) e Jack Kerouac – King of the Beats (Barry Miles).

Como estes últimos, o livro deixa claro, o que muitos fãs da Geração Beat costumam rejeitar, que Kerouac não tinha o “espírito livre” e sim um espírito acorrentado e atormentado pela incapacidade tanto de tomar decisões sensatas (e firmes) em sua vida pessoal/escritor quanto pelo descontrole que já se avizinhava desde antes do sucesso de On The Road; Kerouac se mostrava sério a quem não o levava a sério (como os jornalistas, por exemplo), fora ter sido uma contradição ambulante: só mesmo alguém destituído de paz e de um “espírito livre” joga um sentido de rebeldia viajando pelos EUA, descendo ao México, enquanto depende do dinheiro da mãe, franco-canadense que se esfalfou numa fábrica de sapatos para dar alguns dólares ao filho. Esta falta de paz tanto o arrebentou que chamuscou na vida de sua mulher, Joan Haverty, e especialmente de sua filha, Janet, rejeitada por ele, que por causa dele virou drogada e teve de se prostituir para sustentar o vício e morreu prematuramente.

O livro também é feliz em alguns bons depoimentos, como o de LuAnne Henderson, a Marylou de On the Road. Ex-mulher de Neal Cassady e que diversas vezes foi dividida a Kerouac, chegou a ser instigante suas conversas impressionadas sobre as diversas desventuras passadas com a dupla ou o grupo (quando Allen Ginsberg, William S. Burroughs, Joan Vollmer Burroughs se inseriram); inocente na época, cheia de medo, casada com Cassady na adolescência, aturando toda infidelidade e inconstâncias de pensamento deste merda: este era o fato, Henderson estava rodeada de merdas, nos quais poucos se salvavam, como Gregory Corso.

c059721453bcd309a693cdcda05ddf1f

Só por estes depoimentos, Jack’s Book é um excelente livro. Vale mais para quem conhece Kerouac a pouco tempo e ainda com chances de abraçar a verdade antes de tomá-lo, ele e seus amigos, como “mito”. Um mito do que não fazer. E ainda foi mão de obra pra política Paz & Amor de seus sucessores, os hippies.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s