A Direita Brasileira Está Fodida (Parte 2)

CmC9MacWgAAS0Bu

Jair Bolsonaro foi réu de acusação de incitação ao crime de estupro movido pela deputada petista Maria do Rosário, baseado numa discussão de ambos em 2014, que inclusive tornou-se um dos símbolos da personalidade “badass” do deputado, e reforçado neste escarcéu em torno de sua imagem pré-candidata a Presidência em 2018. Em seguida, “humildemente”, Bolsonaro pediu clemência ao próprio STF, que acolheu o pedido de Maria do Ossário, ao próprio STF, que alargou o significado do termo “estupro” e, claro, ao próprio STF, que anda contra os interesses da população.

Então, ante a atitude de um político conhecido pela bravura (e alie-se aí ao destempero) fica difícil dizer que a direita brasileira está apenas “desorganizada”; fora isso, a ideologia brandida pelos youtubers prossegue na mesma, com gente de bem, os mesmos que se dizem detentores e disseminadores da verdade, protegendo vagabundo espertalhão. O sujeito lá, que alguns seus opositores chamam de “Cheirando Rola”, já não tem mais nada a dizer depois que a Dilma saiu. Evita descer o malho no Temer, que fez péssimas escolhas pros ministérios, se esgueira pra cima de vloggers conhecidos (como Whindersson Nunes e o canal Nostalgia) pra angariar membros e se manter em voga, e se perdeu completamente em seu egocentrismo e auto-piedade. Mantém um grupo no Facebook chamado “O RETORNO DOS MOPHÓBICS”, que além de nada discutirem, só fazem obedecê-lo e a obedecer a administradora da fan-page, uma gaúcha racista, a enxurrar com deslikes, vídeos contra seu maior ídolo. O sujeito é uma merda ambulante em todos os sentidos.

Aliás, voltando aos opositores, nesses últimos dois meses passei a assistir com afinco o outro lado da polarização.

Por justiça, estou com os opositores do Cheirando Rola até o momento em que não aplicam desinformações e distorcem fatos. Até concordo com umas posições dos críticos de Bolsonaro, pois, o homem está realmente preparado para ser presidente? Não. Como disse, é o que temos, fora da polarização PT-PSDB que estamos engolindo há mais de 20 anos; é a favor da família, dos valores cristãos (batizado nas águas do rio Jordão eu achei exagero, pois Bolsonaro, até onde sei, não é evangélico); contudo, a grande maioria das críticas direcionadas a ele são inverdades: chamam-no de racista, de ser contra os índios, os gays e negros. Referência a vídeos de décadas em que o deputado joga todo seu palavrório? Ora, as pessoas podem mudar da mesma forma que podem defender uma ideologia que assassinou e assassina milhares de pessoas e prega justamente o contrário da liberdade que os esquerdistas tanto buscam, ou seja: não atura Bolsonaro mas atura Fidel, Coréia do Norte, até mesmo a China, que mantém um capitalismo DE ESTADO e Che, que dizia que os negros eram “indolentes” e que não faria nada por eles? Não atura um cara que xinga e esbraveja, mas atura militante que caga na foto dele, que enfia crucifixo no ânus? Além de negações da Grande Mídia ser quase que inteiramente esquerdista (ainda acham que a Globo é “de direita”), de falar que o governo FHC foi pior que as eras Lula/Dilma… : quer queiram ou não, PSDB é de centro-esquerda. Socialista. Mas o que se pode esperar de alguém que votou no PSOL e que agora votará no Ciro Gomes? “AAIIIN BOLSONARO É INÚTIL” Uai, não poderia pensar que os projetos dele não passariam por causa da esquerda? Sempre fui contra as aparições em programas que mais servem para queimá-lo que para gravá-lo no imaginário popular: ah, gravarão sim, pela infâmia: dizer que fez zoofilia na juventude é para levar um soco na cara, não importa se é brincadeira, porque mais do que nunca deveria preservar sua imagem no sentido de não fornecer combustível aos detratores. Até podemos esperar que, sendo eleito, não será tão acessível, não será entrevistado por moleques de 15 anos e até mesmo pelo Cheirando Rola (como ocorreu), mas até lá, até onde se enxergaria o estrago?

Hoje, não dá nem para rir quando alguém diz que a Globo está do lado dos direitistas, só lamentar: num dos hangouts de opositores do Cheirando, puseram um defensor dele (um imbecil por sê-lo) para debater com uns 4 esquerdistas, mesma coisa do Bolsonaro sendo posto num programa pra debater com um bando de travecos, você já erra pondo os pés no ambiente porque não dá pra mudar esse pessoal. A mentira está enraizada tal como um vírus. Quantas mulheres negras já perdi por eu me mostrar contra o movimento negro?

Bolsonaro é o que temos, quero vê-lo presidente, mas não creio que até 2018 ele melhorará exponencialmente como candidato: não é um Aécio, que apesar de ser esquerdista tinha tento ao menos na maior parte das coisas que falava. Era um candidato adulto, correspondente à seriedade que esperamos para ganhar uma eleição. Agora, além da perdurada assessoria de péssima qualidade, Bolsonaro mija para trás, com essa clemência “humilde”. Claro que pode ter sido aconselhado, mas ele acatou.

Antes de saber da notícia, prevendo a merda, pensei que ele deveria concorrer ao cargo de governador do estado do Rio de Janeiro, seu reduto eleitoral, vide ter sido o deputado estadual mais votado deste MEU estado em 2014, com mais de 464 mil votos. O governador em exercício decretou estado de calamidade pública, sendo apenas uma confirmação do lixo em que o estado e a capital se encontram; sequer deveria-se pensar em Olimpíadas. O filho Flávio Bolsonaro oficializou candidatura à prefeito da capital, o que já é uma flor na pedreira de vários candidatos esquerdistas que disputarão – o Rio não tem um prefeito direitista desde Marcos Tamoio (1975-1979) do antigo ARENA, partido conservador dos militares, na época do Regime.

Tá complicado.

 

 

 

 

 

Anúncios

8 comentários sobre “A Direita Brasileira Está Fodida (Parte 2)

  1. Anonimo disse:

    Bolsonaro não tem preparo pra ser presidente, infelizmente. Uma coisa que sempre sustentei que ele é a direita que a esquerda merece. Só que pra se ter uma direita no Brasil é preciso que ela esteja fundamentada porque a mídia e os cúpanheiros da panelinha esquerdista estão aí. Impeachment só foi a tirada da cabeça da esquerda e não a eliminação dela. Ela está na mídia, nas faculdades e outros guetos populares fazendo o que sempre fez de melhor: desinformando a população.

    O processo de descontaminação esquerdista leva tempo, e bota tempo nisso. Só que é preciso de mão de obra engajada para tal. E o que temos? Bolsonaro, que apesar de sua popularidade precisa ponderar mais se quiser ter uma chance e um monte de Youtubers formadores de opinião que não saem do lugar comum. Aí Julio não tem nada que prospere.

  2. Anonimo disse:

    Bom aí teríamos um problema: se comunismo fosse crime, teríamos que prender meio mundo de políticos, além do mais diriam que seria censura e seria contra liberdade de expressão. O problema é que os representantes devotos do cúmunismo mal sabem direito o que seja, vide Jean Willys e Lindberg Farias, esse último presidente da UNE e me solta a pérola que Neoliberalismo começou na China com Pinochet. É preciso trabalhar com a verdade pra se destronar os esquerdistas, mas pra isso precisa de alguém que gere simpatia popular. Digamos que Bolsonaro por ser caricato e até diria ser tema de memes sendo até um personagem está no caminho certo nesse ponto.

    O que precisa é de uma devassa bem dada nesses movimentos sociais tipo UNE e CUT pra mostrar os podres destes que não duvido nada que tenham um monte inclusive relacionado com PT. Assim é extirpar a esquerda a meu ver, mas pra isso precisa de uma força mais ou menos como a lava jato que, mesmo com todos os defeitos, conseguiu ameaçar muitos.

  3. Anonimo disse:

    Com certeza a criminalização traria uma onda de revolta vinda dos esquerdas, mas quanto a acusações de “censura”, não é o que basicamente fazem conosco, com a cultura do politicamente correto?

    – Por isso temos que nos cercar de um processo de reeducação do povo, mostrar os podres do regime comunista que eles enrustida mente projetam na sociedade. Sem esse processo ao menos em conjunto não rola.

    Outro problema é que essa ideologia ainda interessa a alguns que ainda estão no poder. Lê-se deputados e senadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s