Falta João Doria ser Youtuber…

FR12 SÃO PAULO - SP - 02/01/2017 - CIDADES - OPERAÇÃO CIDADE LINDA - JOÃO DORIA - O prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), no seu primeiro compromisso de governo varrendo ás ruas vestido de gari. Hoje no dia 2 de janeiro, o novo governo pr

Não houve tamanho festejo no primeiro dia de Fernando Haddad (PT-SP) como prefeito de São Paulo – lembrando que votaram nele em detrimento ao José Serra. Sujeito, um dos “postes” aferrados à imagem e popularidade do ex-presidente Lula, fez a cidade sentir na pele a gravidade de suas cagadas descomunais, inclusive causando mortes, e como todos sabem, hoje não se elegerá sequer a síndico de prédio, embora o brasileiro tenha memória fraca. O fracasso foi tal que Malddad foi impopular até na periferia, reduto natural do PT.Não obstante, Malddad chegou a conseguir simpatia de camadas que naturalmente se oporiam a ele, como um pastor evangélico amigo meu; o cara, morador do conservador e tranqüilo bairro do Ipiranga, disse ao colega idoso que “Malddad foi o melhor prefeito que a cidade já teve”. Quase não acreditei, quando ouvi. Tipo, sério? Mesmo tentado, não discuti isso mas preferi pôr em pauta o status de popstar que fincaram no prefeito eleito, João Doria Júnior (PSDB-SP).

Doria é de esquerda, e as pessoas não podem se esquecer disso. O seu PSDB sempre pairou no estigma de “votável como ‘menos pior'”, quase sempre tendo de disputar com o “pior”, o PT ou a extrema-esquerda. Conquistou sua eleição por vários fatores, tanto pela já citada péssima administração Malddadiana quanto pelo fator “novidade”, e por papagaiar ser um gestor, não um político, passando idéia de diferença. Eleito, Doria correspondeu aos holofotes vestindo-se de gari, mesmo de fato não tendo limpado a rua. Começou manifestando suas idéias altas e baixas, como enfatizar a economia prometendo cortar cargos comissionados, dar atenção especial à população de rua (estou buscando informações sobre isso), transferir o evento Virada Cultural para o Autódromo de Interlagos (o que seria ótimo; há anos eu idealizava medida semelhante); pôr Soninha Francine, notória defensora da liberação da maconha, para a Secretaria de Desenvolvimento Social, mas esta escolha foi um disparate tremendo, ao mesmo tempo previsível, sendo mais uma prova da associação espúria do PSDB e as demais esquerdas, e curiosa. A população de rua paulistana é enorme, são quase 16 mil , e mesmo com a ajuda Doria, não acredito que Soninha e o próprio prefeito amenizarão a situação dessas pessoas, seja com um paliativo ou com capacitação para o mercado de trabalho formal. Pros poucos que optariam. Vamos voltar nesse assunto.

Agora, aproveitando esse sucesso precoce e a estampa de renovador e bonitão, faltou abrir um canal no YouTube.  Sem fechar o espaço a comentários, é claro.

Anúncios

2 comentários sobre “Falta João Doria ser Youtuber…

  1. Anônimo disse:

    Temos que admitir: Dória tem carisma e está fazendo de tudo, pelo menos que se vê, pra cuidar da casca da cidade de São Paulo.

    Poderia ter sido um Crivella da vida que vocês teriam que encarar. Ambas as opções são ruins, não nego este fato.

    Agora engraçado ver os esquerdinhas petistas do Facebook reclamar da medida contra os pichadores com analogias do tipo apagar uma pichação é como queimar um livro entre outras verborragias horrendas.

    O fato é que PSDB sempre quis ser uma esquerda certinha, por isso é a cara do Paulistano não como aqui no Rio de Janeiro que há uma cultura de farra, marola e pseudo intelectualismo Marxista latente de Freixos da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s