Uma “Burrada” Tatuada

8-fatos

Questão do tatuador e o tatuado é simples: o tatuador exagerou, mas era necessário um corretivo, uma surra. Daí, prende o moleque e chama a polícia, como já disseram. O feito do tatuador, que confortado na posição de poder, aproveitou pra fazer uma “intervenção artística” pior que o furto da bicicleta de um cadeirante (que gerou tudo isso), só reforçou a convicção de algumas pessoas em ter de “passar a mão” na cabeça de infrator, a ponto de arrecadarem R$ 20 mil pra ajudá-lo a limpar a testa. Agora é o tatuador quem está sendo tratado como criminoso.

Parabéns pela cagada, meu filho.

“AIIIN MAS A GENTE NÃO AGÜENTA MAIS VIOLÊNCIA!” Porra, é totalmente compreensível. Mas a resposta foi um exagero. Aceitem isso.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Uma “Burrada” Tatuada

  1. juca-cipo disse:

    Concordo, mais valia terem partido os 2 braços e as duas pernas (ou quem sabe deixa ele na mesma condição do cadeirante). para servir de exemplo para esse viadinho , com certeza eles não iam precisar angariar 20.000 para nada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s