Pagode japonês!

Grupo Y-no vira fenômeno no YouTube tocando pagode japonês

Um cavaquinho elétrico abre a melodia, enquanto os outros instrumentos – rebolo, bateria, banjo, baixo – entram devagar, um pouco fora de tempo, num samba meio torto. Com um sotaque pesado, mas que tenta imitar a linha melódica do pagode romântico brasileiro dos anos 90, o vocalista canta em português macarrônico: “Eu estava sofrendo para te procurar/ Namoração da internet é bom, né?/ Eu sou galinha/ Eu quis te olhar, a mulher nua/ Mas agora você já está batendo no meu coração/ Aí gatinha, me dá uma chance para este lixo/ Ma-ra-vi-lho-so”.

“Querido meu amor”, a faixa descrita acima, é uma das músicas mais conhecidas da banda japonesa de pagode Grupo Y-no. O vídeo da faixa no YouTube, gravado durante uma apresentação ao vivo em um bar em Tóquio, já passou das 100 mil visualizações com apenas duas semanas no ar (clique para assistir).

O grupo foi formado em Tóquio em 2007 por estudantes da Sophia University que se conheceram em um clube especializado em música brasileira. “Nos apaixonamos pelo samba e pelo pagode aos poucos, especialmente pela melodia e pelo ritmo”, explicam em entrevista por e-mail ao G1.

Segundo os integrantes do grupo (Bekki no pandeiro, Reji no baixo, Ta no banjo, Kenta Ohno no rebolo, Hisashi no cavaquinho e Yamagataro na bateria), a escolha pelo pagode veio naturalmente. “É fácil entrar no ritmo do pagode – é só pegar um chocalho e chacoalhar e você já está fazendo um pagode. Essa facilidade, junto com a beleza da música, é o que queremos que nossos fãs aproveitem. É só relaxar, entrar no ritmo e sentira a nossa melodia, a nossa paixão pela música”, explicam.

Via G1

Primeira-dama do Japão é premiada por saber usar calça jeans

A primeira-dama do Japão, Miyuki Hatoyama, foi uma das ganhadoras do prêmio entregue aos japoneses que melhor sabem usar calças jeans, peça de roupa que ela, aos 66 anos, veste “quase diariamente”, informou nesta terça o jornal Japan Times.

“Este é um prêmio do qual realmente sentia falta, já que uso calças jeans quase todos os dias”, disse Miyuki na cerimônia de entrega do Best Jeanist 2009, organizado pela associação de fabricantes de jeans do Japão.

“Faço meu marido vestir calças jeans quando possível”, disse a mulher do primeiro-ministro Yukio Hatoyama, empossado no cargo em 16 de setembro.

Miyuki dividiu o prêmio deste ano com o ator taiuanês Jerry Yan, muito conhecido no Japão, e pelas quatro integrantes do grupo pop japonês Speed.

Os ganhadores foram escolhidos com base no voto do público e na opinião dos organizadores da premiação.

Desde que Yukio chegou ao Governo, Miyuki e os comentários sobre suas viagens à Marte ou sua alimentação à base de sol passaram a ganhar destaque na mídia.