Vloggers

Confesso que acompanho alguns destes “vloggers”, alguns mais visados hoje em dia, mas em busca da informação. Porque geralmente as pessoas não são interessantes quando expõem suas trivialidades. Quando enfocam assuntos da semana/mês e abrem sua intimidade em público pelo Youtube. Está certo, hoje em dia todo mundo tem direito de dar sua opinião (olhem eu dando minha opinião nesse blog que ninguém comenta), mas é óbvio que na minha cabeça isso traz mais conseqüências ruins que boas.

Olhem, eu fiquei surpreso ao ver que, apesar de estarmos em dois mil e doze, poucas pessoas continuaram a alimentar essa besteira de Fim do Mundo. Fica até difícil não dar trela a este negócio, mesmo quando se normalmente não dá, mas só posso falar por mim. É um ano como qualquer outro, calendário gregoriano e etc. Estive no núcleo da ação, como não foi no ano passado, tudo em razão da recompensa que viria depois. Lembro que em noventa e nove todos tinham medo de que a profecia do Nostradamus se realizaria, mas de amedrontador naquele dia foi apenas uma névoa densa nos céus do centro do Rio de Janeiro, em plena avenida Presidente Vargas. Eu estava lá. “uiuiui, vai acontecer alguma coisa, vai acontecer alguma coisa”. E como previa, não aconteceu. Logo após isto os babacas resolveram alimentar mais uma destas “profecias”, conferindo àquela coisa dos maias e tal. Foi até feito um filme-catástrofe sobre isso. Como o povo gosta de descer mais ao fundo do poço. Não páram de cavar.

Continuar lendo

Promessas para 2011

Não tenho nenhuma promessa em 2011 além do básico, o básico, o mais básico. Mudei de lugar, agora a coisa mais importante é deixar o marasmo de lado… afinal, andamos nos prejudicando por minha causa mesmo, mas eu ainda sou bem jovem, dá pra melhorar as coisas.

Falemos do bendito livro, agora.

Não tem nenhum problema em arrumar uma editora para publicar meu livro, ele já tá pronto e devidamente revisado, quanto à publicação propriamente dita as coisas já estavam se encaminhando… por motivo de força maior, dei pra trás. Estou trabalhando tanto em “Womb”, retocando uma coisinha aqui, uma coisinha ali, mas neste minuto está tudo certo. Registro do romance (vi no Word 2007 que saiu umas 700 páginas, com certeza não dará isso no 14 x 21), entre otras cositas más… faltou eu falar mais sobre os personagens neste blog. E eu pensando que tinha me inspirado em algum autor, mas não… não me inspirei em Franz Kafka, nem em Irvine Welsh e nem no Jerome David Salinger, acabou saindo um maldito estilo próprio que certamente se manterá no próximo romance, “O Pesadelo Favorito de Lady Dada”… “ora, mas você nem publicou o primeiro, já tá pensando no segundo?”, você poderia me perguntar. É, foi inevitável.

Esse título, “O Pesadelo Favorito de Lady Dada” é bem ridículo, mas combina com a premissa do livro, uma guria que vive sozinha, é meio malucona, etc e tal.

Vamo publicar primeiro O PRIMEIRO pra depois pensar no segundo, pufavô.

E enfiem Natal e Ano Novo no cu.

Exagero na caça aos pedófilos?

O vídeo com o italiano beijando (e acariciando) a menina não foi exibido para o grande público. Fortaleza é a meca da prostituição infantil no Brasil (mais que o Rio de Janeiro, vale ressaltar) e existem diversos relatos de que essa prática feita pelo turista italiano Giuliano Tuze é fichinha perto do que existem em pontos turísticos na capital do Ceará. O próprio quiosque Crocobeach onde a cena se passou já é meio que conhecido por ter sido palco de atos bem mais libidinosos. A mulher do italiano em questão – brasileira e que vive no país do Berlusconi há muito tempo – defende o sujeito com unhas e dentes. Até a filha abraçou seu pai ao vê-lo sendo algemado pelos policiais, implorando para que ele não fosse preso. Giuliano afirmou que na Itália o costume de beijar a boca dos filhos é normal (e aqui também é, mas essa paranóia inteira em relação a pedofilia tornou tudo mais desconfiado). Ah, mas lá é lá e aqui é aqui”, você poderia dizer. Beleza. Mas um pedófilo em potencial iria se arriscar a beijar a guriazinha em um ambiente público, na frente de todos e inclusive das dezenas de câmeras de tv espalhadas pelo local? Ainda mais em Fortaleza? Apesar de serem comprovadamente doentes (por mais que você esperneie, eles não são criminosos) os pedófilos são furtivos, espertos e obviamente não iriam manifestar seus desejos fora das 4 paredes.

O senador (e pagodeiro) Magno Malta está fazendo um bom trabalho na busca de perfis pedófilos no Porkut, mobilizando a prisão dos sujeitos, etc e tal, mas tudo isso fez crescer a desconfiança entre as pessoas, minando práticas que até pouco tempo atrás não tinham nada de mais…como o beijo na boca! Ê, falso moralismo do caralho!

Giuliano está em cela isolada por motivos óbvios e já pediu relaxamento da prisão. Já estão sendo enaminhados recursos para po-lo em liberdade. Nem preciso dizer que nego meteu pés pelas mãos, querendo mostrar serviço. Vamos ver como terminará esta bosta.